Latest · September 8, 2022 0

Atletismo: Técnico Alberto Salazar perde recurso do CAS contra suspensão por doping, Sport News & Top Stories

LONDRES (AFP) – O técnico de atletismo Alberto Salazar cumprirá sua suspensão de quatro anos por doping depois de perder um recurso contra a suspensão no Tribunal Arbitral do Esporte (CAS), informou a mídia britânica nesta quarta-feira (15 de setembro).

O ex-chefe de 63 anos do agora fechado Nike Oregon Project foi suspenso em 2019 por um catálogo de violações de drogas.

A BBC e o Times relataram na quarta-feira que o CAS manteve a suspensão de Salazar após um recurso. A CAS não estava imediatamente disponível para comentar os relatórios.

Salazar, mais conhecido por treinar o tetracampeão olímpico britânico Mo Farah, foi suspenso há dois anos durante o Campeonato Mundial em Doha.

Seguiu-se uma investigação da Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) que descobriu que Salazar havia traficado ou tentado traficar testosterona, dando aos atletas uma substância além do limite permitido e adulterando o processo de controle de doping dos atletas.

A USADA disse que sua investigação descobriu um tesouro de evidências, incluindo “provas de testemunhas oculares, depoimentos, e-mails contemporâneos e registros de pacientes”.

Salazar, que também treinava a estrela holandesa nascida na Etiópia, Sifan Hassan, no momento de sua suspensão, negou categoricamente qualquer irregularidade.

Salazar já está cumprindo uma proibição vitalícia separada de treinar depois que uma investigação do Centro para SafeSport dos EUA encontrou evidências de má conduta sexual e emocional.

Essa proibição, confirmada em julho, veio depois que um grupo de corredoras do extinto Projeto Oregon disse ter sido submetida a abusos emocionais e verbais de Salazar.

Salazar mais tarde admitiu ter feito comentários “insensíveis ou insensíveis”, mas negou que qualquer atleta sob sua supervisão tenha sofrido abuso ou discriminação de gênero.

Estamos enfrentando alguns problemas com logins de assinantes e pedimos desculpas pelo inconveniente causado. Até resolvermos os problemas, os assinantes não precisam fazer login para acessar os artigos da ST Digital. Mas um login ainda é necessário para nossos PDFs.